Acompanhe-nos

Facebook - Clique para acessarGoogle+ - Clique para acessar

Clique para ser atendido ou deixar uma mensagem.

Clique Aqui que ligamos para você

Atendimento

09:00hs às 18:00hs

Blog para empresas: um importante aliado do seu marketing digital

24 Junho 2019
Blog para empresas: um importante aliado do seu marketing digital

Fazer buscas online para saber mais sobre produtos e serviços virou um hábito entre os consumidores antes de fazer uma compra. Para sanar essa necessidade que as pessoas têm de saber melhor sobre o que estão pagando, as empresas investem em marketing de conteúdo através de um blog, uma plataforma bastante conhecida (quem não tentou ter o próprio blog em meados dos anos 2000?) e consolidada na internet, que há alguns anos foi vista pelos empreendedores como uma oportunidade com potencial para aumentar as vendas através da publicação de conteúdos em vários formatos, que ainda podem ser compartilhados nas redes sociais.

Não importa se sua empresa é grande ou pequena, um blog pode fortalecer sua estratégia de marketing digital, consolidá-la e ampliar seu alcance no mercado. Ter um blog não se trata apenas de acompanhar a concorrência. 87% das empresas que trabalham com marketing de conteúdo e atualizam seu blog frequentemente conquistam clientes com muito mais facilidade.

O que é blog?

O blog é nada mais que uma página online. Simples assim. A diferença dele para os websites comuns é que ele é muito mais prático, com uma estrutura de fácil acesso que permite atualizações rápidas e constantes dos conteúdos. Estes conteúdos, ou artigos, são organizados em ordem cronológica inversa e podem ser escritos por várias pessoas, os redatores.

Ter um blog, por mais que pareça simples, dá trabalho. Para conquistar uma audiência, precisam ser atualizados com uma boa frequência, além de requererem um certo domínio de marketing digital e estratégias para converter pessoas que o acessam em clientes efetivos.

É necessário um investimento inicial para criar um blog, principalmente para o desenvolvimento do visual do site, um template. De resto, temos hospedagem (Blogspot, WordPress, dentre outros) e custos com manutenção. Ainda assim, a recompensa é boa. Não é à toa que existem pessoas que vivem exclusivamente disso, os famosos blogueiros. 

História do blog

Acredite ou não, o conceito de diário virtual foi criado por um brasileiro, em novembro de 1994. O cientista e pesquisador Cláudio Pinhanez possuía um site que é considerado o primeiro a ser publicado nesse formato, o Open Diary. Seu objetivo era documentar os acontecimentos do seu dia-a-dia, seu trabalho no Laboratório de Mídia do MIT, seus gostos… algo muito parecido com o que fazemos hoje nas redes sociais, certo?

 

historia do blog

 

Um pouco antes disso, em dezembro do ano anterior, Justin Hall, um estudante de 19 anos havia lido sobre uma “coisa” nova chamada web, em um exemplar do New York Times. Os gráficos e links o deixaram surpreso, mas parecia que ninguém tinha nada a dizer.

 

justin home page

 

Ele então resolveu aprender HTML para criar o próprio site, com o título de “Justin’s Home Page”, contendo links com informações para outras pessoas aprenderem sobre HTML, fotos pessoais, uma faixa de áudio do vocalista da banda Jane’s Addiction e uma lista com seus sites favoritos. O blog foi mantido por 11 anos.

Pulando para 1997, logo após a criação de diversos outros sites que convidavam as pessoas a postar suas imagens pessoais na internet, como o Carolyn’s Diary, nascia o termo “weblog”, que dava nome a uma nova forma de publicação online. O site robotwisdom.com, de autoria de Jorn Barger, trazia conteúdos sobre James Joyce, inteligência artificial, cultura, design de hipertexto, história, tendências tecnológicas e assuntos inovadores para a época.

 

robot wisdom

 

Mesmo estando no ar desde 1995, apenas dois anos depois o seu criador adotaria o termo “weblog”. Para encontrar uma audiência capaz de ver as conexões entre os temas explorados, passou a fazer posts diários. Em 1999, “weblog” seria encurtado para “blog”.

 

orkut

 

No início dos anos 2000, acompanhamos o boom dos blogs, que se tornaram os queridinhos do público jovem. Como ainda não existiam as redes sociais, os blogs eram usados pelas pessoas para falar sobre suas vidas e compartilhar fotos.

Apenas em 2003 foi criado o MySpace — uma rede que se popularizou por servir de palco para novos artistas divulgarem seus trabalhos —; no ano seguinte, veio uma rede que marcou toda uma geração no Brasil, o falecido Orkut. Em 2006 nascia o Twitter, hoje uma das redes sociais mais utilizadas pelas empresas para o relacionamento direto com o público. Os fotologs e os flogões eram os equivalentes ao Instagram, onde muitos já faziam o papel de influencers digitais.

 

fotolog marimoon

 

A importância de um blog para uma empresa

Pelo que foi visto, dá para constatar que o blog trouxe um diferencial na maneira como as pessoas consumiam conteúdo na internet. Elas não precisavam mais esperar por algo do seu interesse: todos podiam ser criadores de conteúdo (todos os que possuíam computador com internet, que eram coisas pouco acessíveis à época, principalmente aqui no Brasil).

Sendo assim, um blog é uma ferramenta que serve para compartilhar ideias. Sob o ponto de vista empresarial, é um ponto de encontro com potenciais clientes. Se você é capaz de resolver as dúvidas ou problemas dos seus clientes, é claro que ele vai se lembrar de você na hora de comprar. O desejo de compra, inclusive, é algo que pode ser despertado com um blog. Muita gente não sabe que precisa de algo. E é aí que você entra: mostrando a elas determinado produto ou solução e já suprindo uma necessidade antes mesmo que ela surja.

Vale lembrar que o marketing de conteúdo é uma estratégia de longo prazo, onde você vai preparar o cliente, educá-lo, ajudá-lo e só então vender. Os resultados vêm com o tempo, através de todo um processo de fidelização de clientes. Além de consumidores fiéis, você terá pessoas divulgando sua marca, já que quem gosta sempre indica. 

Sobre o que falar em um blog empresarial?

Grande parte das empresas pensam que um blog corporativo precisa conter milhões de informações internas, temas institucionais. Porém, quase sempre as informações sobre a empresa distribuídas na home do site já são suficientes, então que tal focar no que as pessoas querem de verdade? Ou seja, buscas relevantes que os consumidores fazem todos os dias no Google.

Para ter um diferencial em meio a milhões de blogposts com o mesmo tema, primeiramente você precisa estipular uma palavra-chave, por exemplo: “Rodas de liga leve”. Visto que praticamente tudo já foi dito na internet, você vai precisar de uma abordagem diferenciada do que está no topo dos resultados, como “Rodas de liga leve: vantagens, desvantagens e por que são tão desejadas?”. Quem encontrar o post vai ficar muito satisfeito por ter suas dúvidas sanadas, (principalmente se o título já elencar boa parte das respostas que ela deseja ter) além de perceber que as imagens que o ilustram são dos produtos da sua loja virtual. Além de resolver o problema de alguém, a porta para o próximo passo, , está lá para ser aberta.

Vantagens de ter um blog para a sua empresa

Humanização

Com conteúdos acessíveis e de interesse do grande público, sua empresa passa a se tornar parte do cotidiano das pessoas, tornando-a mais “humana” e facilitando o contato com os clientes de maneira muito mais barata.

Comunicação direta

Seu blog não deve focar apenas no institucional, mas também não deve deixá-lo de lado. É importante fazer posts para expor as ideias da empresa, eventos, cursos de especialização, entrevistas com o gerente etc. É um local para que a empresa se esclareça sobre qualquer acontecimento fora do previsto, com a ajuda das redes sociais, claro.

Bom posicionamento nos resultados de buscas

Conteúdo original com boa frequência é como lenha para a fogueira das suas estratégias de SEO. Quanto melhores, mais certeiros e mais recorrentes, o Google reconhece e premia o blog com as melhores posições na busca. Se você mantém apenas o site da empresa, isso vai limitar o acesso apenas à quem busca pela marca.

Com bons posicionamentos, o tráfego no site aumenta. Por isso é necessário investir também em redes sociais: compartilhar nelas os novos posts, educar o público para que ele visite o site etc. Lembrando que elas devem servir como um canal de divulgação do conteúdo, não seu destino final.

É um investimento duradouro e de baixo custo

Aqui está algo muito importante para empresas: os custos. No caso de um blog, eles são infinitamente inferiores a custos com publicidade tradicional. Existem diversas plataformas gratuitas, como o WordPress, citado acima, que não requerem conhecimento avançado para usar. Com um cadastro e muita pesquisa, você pode entregar um blog atraente para o público.

A frequência de publicações deve ser boa, mas não é necessário que seja em grande volume. O que importa é manter a disciplina, com uma frequência regrada. Quanto mais posts, mais páginas são criadas, mais atenção dos clientes e melhor ranqueamento você consegue. Em uma campanha publicitária tradicional, quando você para de investir, os resultados param de surgir. Com o blog, o tráfego vem gratuitamente enquanto suas páginas estiverem no ar.

Seja multicanal

Um erro comum de quem está começando é limitar o blog apenas ao seu domínio. Na internet, as pessoas não focam em apenas uma tarefa: enquanto elas leem um artigo, elas estão trabalhando, acessando as redes sociais, respondendo e-mails etc. Por isso é importante levar o seu blog a outros canais de interação.

Não apenas compartilhar os conteúdos, mas produzi-los em diferentes formatos adaptados para cada canal, afinal não faz sentido apenas despejar os conteúdos em diferentes redes como se as experiências fossem as mesmas.

Seja interativo

Outra coisa que impacta bastante a maneira como as pessoas consomem conteúdo é o dispositivo por onde o acessamos. É imprescindível que seu blog seja mobile friendly, ou seja, adaptado para tablets e smartphones, já que é de lá que vêm a maioria dos acessos hoje em dia. Um exemplo de conteúdo feito exclusivamente para os dispositivos móveis são as imagens tridimensionais, que você interage ao mover o celular para várias direções. É uma experiência exclusiva e que traz diferencial para o seu conteúdo. A palavra chave é interatividade.

Traga o que há de mais moderno e intuitivo para o seu blog: chatbots, link para WhatsApp Business da sua empresa, integração com outros sites, conteúdos ricos para os olhos, como áudio, vídeo e big data. Supreenda o seu leitor e ele será seu cliente!

Este conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário, curta e compartilhe; seu feedback é muito importante para nós. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter. Até a próxima!

Faça Agora o Diagnóstico de Marketing Digital da Sua Empresa

Veja Também:

Alguns de Nossos Clientes

Torre Condomínios
Multi Contabilidade
Show de Negócios
Ramiro & Cia Empreendimentos
Robert Gordon University
Norte Sul Rastreamentos

Últimas do Blog

Fique por dentro das últimas postagens do nosso Blog

WB Web - Marketing Digital | Parceiro Oficial do Google APPS for Work

WB Web - Marketing Digital

Clique para acessar nossa página no FacebookClique para acessar nossa página no Google+